#CulturaEmCasa



A campanha #CulturaemCasa tem como objetivo estimular as pessoas a ficarem em casa durante o período de isolamento recomendado pelo Governo do Estado de São Paulo para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19). A iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa foi aderida pelos museus geridos pela ACAM Portinari para que todos tenham acesso, gratuito, às atividades culturais do equipamento, bem como ao espaço expositivo pelo site do museu.

Acesse o conteúdo dos museus:

Últimas Notícias

array(1) { [0]=> object(stdClass)#8963 (6) { ["id"]=> int(15704) ["date"]=> string(19) "2022-05-20T13:35:33" ["date_gmt"]=> string(19) "2022-05-20T16:35:33" ["guid"]=> object(stdClass)#8962 (1) { ["rendered"]=> string(41) "https://museuindiavanuire.org.br/?p=15704" } ["title"]=> object(stdClass)#8961 (1) { ["rendered"]=> string(120) "Jogo da memória alusivo à exposição “Tupã Plural” é destaque na programação do Museu Índia Vanuíre" } ["content"]=> object(stdClass)#8960 (2) { ["rendered"]=> string(3661) "

Totalmente gratuita, a agenda ainda traz dica de leitura e compartilhamento de conteúdo pelas redes sociais

Aos sábados e domingos, o Museu Índia Vanuíre, em Tupã (SP), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, realiza diversas atividades que compõem o projeto “Família no Museu”, sempre das 10h às 16h. Em maio, a ação destaca um jogo da memória temático com imagens sobre a exposição “Tupã Plural”, de forma a promover aprendizagem cultural de forma lúdica e reflexiva.   Pela internet também tem programação. Aos sábados, a instituição sempre indica uma obra de leitura aos seguidores das redes sociais. São publicações relacionadas às temáticas do museu e de fácil acesso do público, por meio de livrarias on-line e e-books gratuitos. Nesse sábado (21), às 12h, a recomendação será “Um estranho espadarte na aldeia”, de Edson Kayapó, obra que narra à saga de um homem italiano que fugiu de um presídio no coração da floresta amazônica, alcançando uma aldeia do povo Karipuna, situada às margens do rio Curipi, um belíssimo cenário que faz lembrar as narrativas bíblicas que descrevem o jardim do Éden.   Além disso, o Museu Índia Vanuíre abriga um acervo expressivo que reúne peças da história da cidade, além de objetos e artefatos de diversos povos indígenas brasileiros. Com objetivo de levar ao público um pouco sobre a riqueza desse acervo, o museu apresenta às segundas-feiras informações e curiosidades sobre a coleção. No próximo dia 23, as redes sociais da instituição vão compartilhar imagens de um lindo cocar bororo. Acesse e conheça.     Visitação   O Museu Índia Vanuíre está localizado à rua Coroados, nº 521, em Tupã (SP), e está aberto à visitação presencial, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h; às quintas-feiras, o horário é estendido até às 20h. Visite https://museuindiavanuire.org.br/ ou siga nas redes sociais (Instagram: @museuindiavanuire | Facebook: / museuindiavanuire).

Imagens relacionadas

Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre


ATENDIMENTO À IMPRENSA:

Núcleo da Notícia
Assessoria de Imprensa – ACAM Portinari
www.gruponucleo360.com.br

André Luís Rezende – (16) 98142-4299
andrerezende@nucleodanoticia.com.br
Bruna Melo – (16) 99233-1823
bruna@nucleodanoticia.com.br

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado
Assessoria de Imprensa
(11) 3339-8116 / (11) 3339-8162
(11) 98849-5303 (plantão)
imprensaculturasp@sp.gov.br

" ["protected"]=> bool(false) } } }
array(1) { [0]=> object(stdClass)#8959 (6) { ["id"]=> int(23490) ["date"]=> string(19) "2022-05-20T10:02:04" ["date_gmt"]=> string(19) "2022-05-20T13:02:04" ["guid"]=> object(stdClass)#8958 (1) { ["rendered"]=> string(72) "https://www.museucasadeportinari.org.br/?post_type=noticias&p=23490" } ["title"]=> object(stdClass)#8957 (1) { ["rendered"]=> string(70) "Fim de semana com muita cultura e diversão no Museu Casa de Portinari" } ["content"]=> object(stdClass)#8956 (2) { ["rendered"]=> string(2241) "

Totalmente gratuita, a programação dos próximos dias também traz conteúdo especial nas mídias sociais e exibição de documentário sobre a vida e a obra de Candido Portinari

Aos finais de semana, sempre das 10h às 16h, educadores do Museu Casa de Portinari, em Brodowski (SP), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, realizam jogos e brincadeiras tradicionais que remetem aos tempos de infância de Candido Portinari. Peteca, pião, bolinhas de gude, bugalha, bilboquê, amarelinha, além de livros infantis sobre a obra do artista. 

As atividades acontecem nos jardins do Museu, considerado um dos ambientes mais queridos da casa da família Portinari onde o artista viveu a infância e parte de sua adolescência, e para onde Candinho retornava para longas temporadas repletas de amor pela terra natal e de inspiração para suas obras.

Além disso, como forma de incentivar e contribuir com a economia criativa, na próxima quarta-feira (25), às 14h, a instituição vai compartilhar, pelas mídias sociais, a Feira de Artesanato virtual, mostrando o trabalho desenvolvido por artesãos de Brodowski (SP). Na legenda do vídeo será possível encontrar o contato para a aquisição das peças.

Outro destaque na programação é a ação “Quartas com Arte”. Também na quarta-feira (25), a partir das 19h, na sala principal do museu, quando será exibido o documentário “Candido Portinari, um pintor de Brodowski” retratando a vida e a obra do artista.

Visitação

O Museu Casa de Portinari está localizado à Praça Candido Portinari, nº 298 – Centro, em Brodowski (SP), e está aberto para visitação presencial, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h; às quartas-feiras, o horário é estendido até às 20h.

Mais conteúdos sobre programação cultural, ações educativas, bem como o tour virtual do Museu Casa de Portinari, estão disponíveis nas mídias sociais da instituição (@museucasadeportinari) e no site www.museucasadeportinari.org.br.

" ["protected"]=> bool(false) } } }
array(1) { [0]=> object(stdClass)#8955 (6) { ["id"]=> int(17873) ["date"]=> string(19) "2022-01-27T07:07:23" ["date_gmt"]=> string(19) "2022-01-27T10:07:23" ["guid"]=> object(stdClass)#8954 (1) { ["rendered"]=> string(38) "https://www.acamportinari.org/?p=17873" } ["title"]=> object(stdClass)#8918 (1) { ["rendered"]=> string(101) "Museu das Culturas Indígenas: o novo polo cultural de São Paulo que promete valorizar a diversidade" } ["content"]=> object(stdClass)#8917 (2) { ["rendered"]=> string(2976) "

A ACAM Portinari, responsável pela gestão do Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre e organizadora dos Encontros Paulistas de Questões Indígenas e Museus – em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo – acaba de assumir a implantação e a gestão do Museu das Culturas Indígenas (MCI), que será localizado no Complexo Baby Barioni, ao lado do Parque da Água Branca, na capital.

A partir de uma visão inovadora de gestão comprometida com o protagonismo indígena no MCI, a ACAM Portinari garantirá a presença de lideranças indígenas em diversas instâncias participativas constituídas por Conselhos, Comitês e Grupos de Trabalho, que contarão com representações de povos, organizações e movimentos indígenas, além de setores da sociedade civil envolvidos com o campo museológico e indigenista.

Assegurando os princípios de participação, colaboração e diversidade cultural, o MCI será estruturado de modo que os diversos coletivos possam propor projetos, programas e ações museológicas a serem implementados no museu. Para apoiá-la neste processo, a ACAM Portinari contará especialmente com a parceria do Instituto Maracá, associação sem fins lucrativos que tem como finalidade a proteção, difusão e valorização do patrimônio cultural indígena, assim como a defesa dos direitos indígenas e o fortalecimento da autonomia dos povos, e é composta por importantes lideranças indígenas do país, como Aílton Krenak, Davi Kopenawa Yanomami, Siã Huni Kuin e Sandra Benites, bem como por lideranças e representantes indígenas de São Paulo, como Carlos Papá e Cristine Takuá, entre outros colaboradores e parceiros indígenas.

Com inauguração prevista para final de março, o MCI será um espaço destinado à valorização e promoção da memória, patrimônio e diversidade cultural dos povos indígenas, constituindo-se como um local de troca de experiências e de aproximação intercultural do público com as culturas indígenas.

O MCI promoverá exposições de longa duração, temporárias, virtuais e itinerantes, terá um Centro de Pesquisa e Referência, formação e gestão de coleções, um Centro de Formação, um serviço educativo e uma programação cultural diversificada que reflita a pluralidade das culturas e povos indígenas, promova um diálogo intercultural, devendo os conteúdos serem gerados de forma a garantir que os indígenas protagonizem os processos museológicos e narrativas do museu, em diálogo com instâncias de mobilização e articulação das causas indígenas.

Criado como equipamento cultural do Estado, o MCI terá um papel relevante na desconstrução de visões estereotipadas e distorcidas sobre os povos indígenas, além de enriquecer e qualificar ainda mais a oferta cultural de São Paulo, projetando a capital e o Estado no cenário nacional e internacional.

" ["protected"]=> bool(false) } } }
array(1) { [0]=> object(stdClass)#8988 (6) { ["id"]=> int(33733) ["date"]=> string(19) "2022-05-11T15:44:52" ["date_gmt"]=> string(19) "2022-05-11T18:44:52" ["guid"]=> object(stdClass)#8989 (1) { ["rendered"]=> string(35) "https://www.sisemsp.org.br/?p=33733" } ["title"]=> object(stdClass)#8990 (1) { ["rendered"]=> string(93) "Sandra de Sá é a próxima atração da Série Arte no Outono – Campos: cores e cantos" } ["content"]=> object(stdClass)#8991 (2) { ["rendered"]=> string(12479) "

O Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro estão com uma programação diversificada para toda a família, em Campos do Jordão (SP). Um dos destaques é o show da cantora Sandra de Sá, no sábado (14/5), às 19h, com ingressos a preços populares (R$ 80 a inteira e R$ 40 a meia entrada).

A atração faz parte da programação da Série Arte no Outono – Campos: cores e cantos, realizada em parceria com a ACAM Portinari, que terá ainda os shows de Alceu Valença (21/5), Zélia Duncan & Paulinho Moska (3/6), Renato Teixeira (4/6), Chico Cesar & Geraldo Azevedo (11/6), Lenine (18/6) e Gal Costa (25/6) no Auditório Claudio Santoro. Os ingressos para todos os espetáculos podem ser adquiridos pelo www.sympla.com.br/artenooutono.

Trajetória de sucesso

Com mais de 40 anos de carreira e dona de uma das vozes mais marcantes da MPB, a cantora Sandra de Sá vai desfilar os grandes clássicos de seu repertório, como ‘Retratos e Canções’, ‘Vale Tudo’, ‘Joga Fora no lixo’, ‘Sozinha’, ‘Bye bye, tristeza’, ‘Solidão’, ‘O enredo do meu samba’ e ‘Olhos coloridos’, entre outros.

Flamenguista convicta, a cantora recebeu importantes premiações musicais ao longo de uma trajetória que começou nos anos 80. De lá pra cá, teve participações de destaque em diversas trilhas e aberturas de novelas. Com talento e personalidade, lançou diversos álbuns, alcançou o topo das paradas, gravou e fez shows com grandes nomes da música nacional e internacional, e se apresentou em palcos de peso, mundo afora.

O Museu Felícia Leirner também está com uma diversificada agenda de atividades, confira:

Escola vem ao Museu

Data: todas as terças, quartas, quintas e sextas-feiras de maio

Ao longo do mês, a programação educativa oferecerá atividades voltadas ao público escolar. Todas as terças, quartas, quintas e sextas-feiras as escolas poderão escolher uma das seguintes ações para realizarem no Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro: Fluorescência: Vírus e Bactérias Através da Luz Negra; Um Museu em Mim: A Arte que Conta a Minha História; Futuro e Museu: Caminhos Possíveis para o Amanhã. Limite de 1 sala por horário.

Horário: às 9h30 e às 14h30

Entrada: gratuita

Necessário agendamento prévio pelo número (16) 98186-0365

Curiosidades do Museu e Auditório

Data: 11, 18 e 25/05/2022

Às quartas-feiras, o Museu e Auditório apresentam postagens sobre os bastidores. Felícia Leirner refletiu sua vida na arte, em esculturas eternizadas em bronze, granito e cimento branco armado com ferro. Cada uma delas carrega uma reflexão sobre a vida e a morte, a fé, o amor, a natureza e a família.

Essa atividade propõe que o público entre em contato com algumas curiosidades sobre o museu que reúne sua obra e as três vertentes trabalhadas nesse espaço (Artes Visuais, Música e Meio Ambiente), a fim de promover aproximação entre acervo e comunidade, além de auxiliar no desenvolvimento da sensibilidade artística e do olhar mais atento à coleção das obras presentes no Museu Felícia Leirner e incentivar que o público o visite.

Quer aprender um pouco mais sobre o Museu Felícia Leirner e o Auditório Cláudio Santoro? 2ª semana: Camarins do Auditório Claudio Santoro, 3ª semana: Obra três colunas e 4ª semana: Sistema de Calefação.

Local: Mídias Sociais (YouTube: /museufelicialeirner / Instagram: @museufelicialeirner | Facebook: /museufelicialeirner | Twitter: /mfelicialeirner) 

Horário: às 18h

Programa Outono – Jogo Divertido: Resta Um

Data: 17/05/2022

Os jogos são ferramentas de aprendizagem e diversão, principalmente quando estimulam funções motoras e cognitivas, como a concentração, a memória e a habilidade estratégica. O setor educativo do Museu e Auditório propõe a confecção do jogo “Resta Um”, que faz parte do Programa Outono, destinado ao público idoso.

Utilizando materiais recicláveis, será possível montar um tabuleiro e incentivar a prática desta brincadeira. O objetivo final é deixar uma peça, pulando as casas, assim como na Dama. A produção do tabuleiro e das peças do jogo incentivam, além da consciência ambiental e o raciocínio lógico, a criatividade, já que podemos decorá-lo deixando soltar a imaginação.

Local: Mídias Sociais (YouTube: /museufelicialeirner / Instagram: @museufelicialeirner | Facebook: /museufelicialeirner | Twitter: /mfelicialeirner) 

Horário: às 10h

Domingo Musical apresenta “Geek: Uma Odisseia Musical” da Banda Sinfônica CEMPRE Limongi

Data: 22/05/2022

A Banda Sinfônica CEMPRE Limongi retorna ao Auditório para apresentar o concerto “Geek: Uma Odisseia Musical”. Seu repertório é composto por temas e trilhas marcantes de animes como Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball e Naruto, passando por sucessos dos games como Super Mario Bros, Sonic e Zelda, além das inesquecíveis canções tema dos filmes Star Wars, Star Trek e Harry Potter, entre outras. Programa imperdível para os amantes dessas obras por meio da sonoridade de uma banda sinfônica.

A Banda Sinfônica CEMPRE Limongi é parte integrante do Projeto Pequenos Músicos. Primeiros Acordes na Escola, executado pela Sinfônica Mogi em parceria com a Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes através da Secretaria Municipal de Educação.

Horário: às 11h

Entrada: gratuita

Encontros com Arte – Oficina de Feltragem Molhada

Data: 28/05/2022

O Museu Felícia Leirner recebe a oficina de “Feltragem Molhada”, conduzida por Juliana Müller, idealizadora do Projeto Mãostiqueira, de Campos do Jordão (SP).  Nesta oficina, os participantes desenvolvem marcadores de livros utilizando a técnica da feltragem molhada.

Você sabia que o feltro é o primeiro tecido não tecido (TNT) do mundo? Durante a oficina os participantes terão informações sobre o histórico do uso do feltro de lã (6.000 anos antes de Cristo), o formato da fibra da lã, a facilidade que ela tem em se transformar em feltro, além de aprender a lógica do uso da água e sabão para desenvolver um feltro de lã 100% natural. Limite de 10 participantes.

Horário: às 15h

Classificação: 12 anos 

Informações: (12) 3662-6000 ou contato@museufelicialeirner.org.br

Entrada: inteira R$ 15,00 e meia R$ 7,50 (estudante e idoso) – política de gratuidade: www.museufelicialeirner.org.br

Jogo Fofofauna: papagaio-de-peito-roxo

Data: 14, 15, 28 e 29/05/2022

Você já parou para pensar em quantas espécies de animais temos ao nosso redor e quantas delas estão ameaçadas de extinção? O Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro estão localizados numa área de preservação ambiental. Nela, é possível observar uma fauna e flora típica da região da Mata Atlântica.

Como forma de conscientização sobre a preservação das espécies nativas, o setor de educação produziu um jogo de tabuleiro sobre a ave papagaio-de-peito-roxo (Amozona vinacea), que está classificada em perigo de extinção. Venham conhecer essa espécie num jogo super divertido para toda a sua família.

Horário: às 11h e às 15h

Limite de 10 participantes

20ª Semana Nacional de Museus: O Poder dos Museus 

O Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro participam da 20ª Semana Nacional de Museus, cujo tema abordará “o poder dos museus”, que está presente nas ações de pesquisa das instituições, de preservação, de conservação, de educação, de comunicação, de ação cultural, de gestão, de inovação tecnológica, de cumprimento de suas funções sociais e de criação de repertórios para o futuro.

Árvore Cultural: Qual o Poder do Museu?

Data: De 17 a 22/05/22 de terça-feira a domingo

Durante a 20º Semana Nacional de Museus, os visitantes participam de uma árvore interativa, instigando a reflexão do tema “O Poder dos Museus” que norteia as ações previstas entre 17 e 22 de maio. Ao final da ação, as palavras/frases que os visitantes colocarem na árvore serão postadas nas redes sociais.

Horário: às 11h

Um Museu em mim: a arte que conta a minha história

Data: 18 e 19/05/22

Os museus, ao longo do tempo, passaram a ter contextos múltiplos, saindo do foco do colecionismo para leituras mais abrangentes a partir da análise da coleção, como também mecanismos de reflexão sobre a sociedade, a cultura, os costumes e a história do mundo que, de certa forma, se mistura com a nossa própria narrativa.

Assim, seguindo a proposta da Semana de Museus – o poder dos museus, o educativo promove a ação Um Museu em mim: a arte que conta a minha história, em que a partir de uma reflexão sobre a vida e obra de Felícia Leirner, irá incentivar aos visitantes a contarem a história de suas vidas, com todas as suas nuances, por meio da arte. Você já percebeu que há um museu de tantas histórias dentro de você? Recortes, colagem e composições de cores, tudo isso ajudará você a expressar a sua vivência.

Horário: às 11h

Futuro e Museu: Caminhos possíveis para o amanhã

Data: 20 e 22/05/2022

O museu pode e deve se constituir como espaço para o debate coletivo do futuro que queremos enquanto humanidade. Destacar o caráter emancipador e transformador das instituições museais, bem como o seu potencial de reinvenção, capaz de sensibilizar e humanizar todos aqueles alcançados pelas suas ações, é a proposta da 20ª Semana Nacional dos Museus.

A arte é uma resposta ou uma pergunta para a sociedade na qual vivemos. Ela levanta questões, provoca e representa, é revolucionária, já que é capaz de propor novos pontos de vista e maneiras de se ver o mundo e perceber a realidade. O setor educativo do Museu e Auditório convidam os visitantes para refletirem sobre o futuro, buscando, através do diálogo e da expressão artística, caminhos possíveis para o amanhã.

A reflexão partirá da inspiração da vida e obra de Felícia Leirner que, enquanto pessoa e artista, deixou em suas obras de arte um legado de valores importantes para a construção de um futuro melhor. Estão todos convidados para descobrirem e interpretarem o acervo do Museu. No final, cada um poderá produzir sua própria obra, uma forma de expressão dos nossos desejos.

Horário: às 11h 

SERVIÇO

Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro

Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1.880 – Campos do Jordão/SP

Telefone: (12) 3662-6000

contato@museufelicialeirner.org.br
www.museufelicialeirner.org.br

Seja nosso parceiro: www.museufelicialeirner.org.br/apoie

Entrada: inteira R$15,00 e meia R$7,50 (estudante e idoso)

Adquira seu ingresso on-line e confira a Política de Gratuidade: www.museufelicialeirner.org.br/visite/ingressos-e-gratuidade/

Fonte: Museu Felícia Leirner

" ["protected"]=> bool(false) } } }

Programa de Parceiros

O Programa de Parceiros dos museus vinculados à ACAM Portinari é uma iniciativa para estimular a cultura da doação, como forma colaborativa de participação social.

Imagem mostra o detalhe de dois braços de duas pessoas se dando as mãos

Cadastre-se em nossa Newsletter

Captcha obrigatório
Houve algum erro, tente novamente...
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Opa, faltou preencher alguma informação...

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies,
consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.

Aceitar