Museu Índia Vanuíre terá ampla programação gratuita para os próximos dias, em Tupã (SP)

Publicado em: 07 Nov 2022
Museu Índia Vanuíre

Além da continuidade da exposição “A CAPTURA, uma exposição de desenhos realistas”, a agenda ainda traz as ações “Museu e Cidadania”, “Saberes e Fazeres Indígenas” e “Família no Museu”, além de oficina de modelagem de máscaras africanas, roda de conversa sobre a “Mulher Negra”, homenagem ao Dia do Radialista e dica de leitura nas redes sociais

O Museu Índia Vanuíre, instituição do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, preparou uma ampla programação gratuita para os próximos dias, em Tupã (SP).

A mostra temporária “A CAPTURA, uma exposição de desenhos realistas”, segue até 30/11, sempre das 9h às 18h, trazendo uma coleção de 24 quadros com desenhos realistas pintados em grafite, capturando imagens de povos originários e retratando-os de forma natural. Desenhos realistas, como o próprio nome sugere, transmitem a percepção de que a obra é, de fato, uma representação fotográfica, por sua precisão.

Nessa sexta-feira (4), das 9h às 10h, o Museu Índia Vanuíre realiza o projeto “Museu e Cidadania”, que promove inclusão sociocultural para pessoas com deficiência. A ação conta com atividades educacionais lúdicas, desenvolvidas a partir do acervo do Museu, explorando temas e situações para a construção do sentimento de pertencimento e o exercício de memórias individuais e coletivas. Os participantes terão atividade com um indígena convidado seguida de um jogo educativo.

No mesmo dia, só que das 9h às 16h, também acontece mais uma edição do programa “Saberes e Fazeres Indígenas”, atividade mensal que promove o diálogo entre um indígena convidado e o público. O objetivo é preservar e transmitir a memória indígena. Em novembro, os visitantes poderão descobrir histórias, curiosidades e ensinamentos, da Kaingang Susilene, que vai compartilhar suas memórias.

A “Família no Museu”, a ser realizada nesse sábado (5) e no domingo (6), das 10h às 17h, vai destacar imagens com curiosidades do acervo referentes aos módulos que apresentam os Kaingang e os Krenak, habitantes da Terra Indígena Vanuíre.



Aos sábados, o Museu Índia Vanuíre também indica uma obra interessante para o público das redes sociais. São publicações relacionadas às temáticas do Museu e de fácil acesso por meio de livrarias online ou e-books gratuitos. Nesse sábado (5), às 12h, a dica será o livro “O desejo dos outros: uma etnografia dos sonhos Yanomami”, da antropóloga Hanna Limulja, que alerta sobre a importância do sonhar, para a resistência indígena.

Já na próxima semana, o Museu Índia Vanuíre celebrará o Dia do Radialista (7/11) nas redes sociais. Serão compartilhadas imagens de objetos relacionados à essa profissão, como rádios antigos que fazem parte da reserva técnica da instituição. A homenagem seguirá ao longo de novembro, sempre às segundas-feiras.

Na quarta-feira (9), às 9h e às 14h, o Museu iniciará sua programação alusiva ao Dia da Consciência Negra (20/11). Será realizada uma roda de conversa com a produtora cultural e empreendedora, Marysa Silva, que vai falar sobre o empoderamento da mulher negra, os desafios para sua autoafirmação e outros aspectos relativos à temática.

E na quinta-feira (10), às 9h e às 14h, acontece uma oficina de modelagem de máscaras africanas feitas com papel e papelão, além da criação de texturas e pinturas na finalização do material. As máscaras africanas possuem origem ritualística com capacidade de invocar força e poder ao seu criador, por isso, possuem elementos fortes e impactantes. São um importante fator de identidade cultural de cada etnia atestando a riqueza e a complexidade do patrimônio cultural africano.

Visitação
O Museu Índia Vanuíre está localizado à rua Coroados, nº 521, em Tupã (SP), e está aberto à visitação presencial, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h. Nas quintas-feiras, o horário é estendido até às 20h. Visite https://museuindiavanuire.org.br/ ou siga nas redes sociais (Instagram: @museuindiavanuire | Facebook: / museuindiavanuire).