governo sao paulo
  • portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Museus que Fizeram Parte da Gestão

» Museu Histórico e Pedagógico Conselheiro Rodrigues Alves – Guaratinguetá (SP)

Situado em Guaratinguetá (SP), em um casarão do século 19, o Museu Histórico e Pedagógico Conselheiro Rodrigues Alves possui o maior acervo temático do ex-presidente do Brasil. São cerca de 1.600 itens, entre papéis, documentos, livros e encadernações, medalhas comemorativas, miniaturas, fotografias e objetos domésticos. O espaço que hoje sedia o museu é tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgãos de preservação das esferas estadual e federal. A gestão do museu foi realizada pela Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), de Brodowski (SP), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, no período de 2008 a 2010. Atualmente, o espaço cultural está em processo de municipalização.
Para mais informações acesse: www.museurodriguesalves.org.br

» Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes – Piracicaba (SP)

Moradia do primeiro presidente civil do Brasil, o casarão imperial, típica construção térrea urbana da segunda metade do século 19, abriga atualmente o Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes. Nos 32 anos em que viveu Prudente José de Moraes e Barros (1841-1902), o local serviu de ponto de encontro de republicanos para discussão da política nacional. Depois que a família se desfez do imóvel, passou a abrigar a Faculdade de Odontologia Washington Luiz, posteriormente denominada Prudente de Moraes. O museu, um dos mais antigos do gênero no Estado de São Paulo, foi reinaugurado em 2009 após recuperação da estrutura física e reestruturação museográfica e museológica, contemplando a vida pública, política e privada do patrono e a história de Piracicaba. No período de 2008 a 2010, o museu esteve sob a gestão da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), de Brodowski (SP), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura. Após a conclusão do processo de municipalização do museu, em 2010, a administração tornou-se responsabilidade da prefeitura.
Para mais informações acesse: www.museuprudentedemoraes.piracicaba.sp.gov.br

» Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato – Taubaté (SP)

O Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato foi criado em 1958, no casarão que pertenceu ao Visconde de Tremembé, avô materno de Monteiro Lobato. A área, chamada de “Fazenda da Cidade”, situava-se entre o centro de Taubaté e o então bairro do Tremembé, em uma extensão de 20 alqueires, que continha árvores frutíferas, pastos, matas, ribeirão e cachoeira, além do horto criado pelo seu avô. Com a morte do patriarca, a família vendeu a propriedade, que acabou abandonada. Em 1962, o imóvel foi tombado pelo então Departamento do Patrimônio Histórico do Estado de São Paulo (DPHAN), devido à sua importância histórica e arquitetônica. O museu oferece aos visitantes livros para empréstimos ou leituras no local. Aos finais de semana, monitores realizam oficinas de arte e atividades na brinquedoteca, um espaço de diversão e aprendizado. O Sítio do Pica Pau Amarelo, como ficou conhecida a propriedade, conta ainda com área verde de 18 mil m², playground e mesas para piquenique. De 2008 a 2010, o Sítio do Picapau Amarelo foi administrado pela ACAM Portinari em parceria com a prefeitura. Atualmente, a instituição está em processo de municipalização.
Para mais informações acesse: www.museumonteirolobato.com.br

» Museu Histórico e Pedagógico Bernardino de Campos – Amparo (SP)

O prédio do Museu Histórico e Pedagógico Bernardino de Campos foi construído em 1885 para ser residência do coronel Luiz de Souza Leite. O palacete, status que recebeu devido às suas características arquitetônicas, foi palco da instalação da primeira linha telefônica da cidade, ligando a casa à sede da fazenda Palmeiras, na época também propriedade do coronel. Após sua morte, o imóvel foi transferido para a cidade e serviu de sede da Prefeitura de Amparo, da Câmara Municipal e do Serviço de Água e Esgoto. Com a saída dos órgãos públicos, o museu se instalou no palacete. Em 2003, a Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM), da Secretaria de Estado da Cultura, reorganizou seu acervo, em parte doado pelas famílias da cidade. O acervo compreende uma coleção com diversos veículos de transporte, como ambulância, troles e semi-troles. De 2008 a 2010, o museu esteve sob a gestão da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), de Brodowski (SP), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura. Atualmente, a instituição está em processo de municipalização.
Para mais informações acesse: www.museubernardinodecampos.org.br

» Casa de Cultura Paulo Setúbal – Tatuí (SP)

O Museu Paulo Setúbal ocupa um imóvel histórico no centro de Tatuí. Construído em 1920, o prédio que abriga o museu é um dos principais pontos turísticos do município de 107 mil habitantes, conhecido como a “Cidade da Música”.  Mesmo antes de se tornar um espaço cultural, o prédio da praça Manoel Guedes já servia os tatuianos. Foi inicialmente projetado para abrigar uma cadeia e, posteriormente, sediou o fórum da cidade. Passou por várias reformas, mas seu projeto inicial foi sempre mantido. Em 1962, foi instituído como Casa de Cultura Paulo Setúbal, e a criação do Museu Histórico de Tatuí se deu em 1966. Dois anos depois, a gestão do espaço cultural foi transferida para a então Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo, hoje Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. A gestão da instituição que estava sob a responsabilidade da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), de Brodowski (SP), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, de 2008 a 2010, passou à Prefeitura de Tatuí, de acordo com a Lei Municipal de 4.345/2010, que oficializa a municipalização da instituição.
Para mais informações acesse: www.museupaulosetubal.org.br.