• portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Museu Índia Vanuíre recebe exposição inédita

A partir de 23/11, entra em cartaz na instituição a mostra temporária Cores do Xingu, que proporciona ao público contato por meio de fotografias e trilha sonora com as causas indígenas daquela região, sua cultura, ritos e tradições

O Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Estado da Cultura administrada em convênio com a ACAM Portinari, abre a exposição inédita Cores do Xingu nesta quarta-feira (23/11), às 20h, em Tupã.

A mostra itinerante foi produzida pela fotógrafa Bárbara Avelino para estrear no espaço expositivo do museu, onde se encontra o maior acervo etnográfico do Estado de São Paulo. O objetivo da exposição é promover uma reflexão sobre a questão indígena no Brasil, através de fotografias dos povos xinguanos.

Para a abertura, está prevista a exibição do vídeo “A Viagem do Rei Leopoldo da Bélgica ao Xingu”, também produzido pela fotógrafa. Após a sessão, ela realizará um bate-papo com o público e apresentará o trabalho realizado com os índios daquela região.

O público pode conhecer e viajar pelo Xingu com os painéis fotográficos que constituem a mostra. Para ficar ainda mais próxima da realidade, a exposição é complementada com trilha sonora representando sons da floresta.

A finalidade do trabalho é promover um diálogo, colocando a beleza e a realidade xinguanas em evidência através da plasticidade da imagem fotográfica e audiovisual.

Quem quiser conferir as Cores do Xingu pode ir ao museu, de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. A visitação é gratuita. Mais informações pelo telefone (14) 3491 2333 ou pelo site www.museuindiavanuire.org.br

O Xingu

Situado ao norte do Estado de Mato Grosso, seu território abriga mais de uma dezena de etnias indígenas. É uma das regiões mais emblemáticas do país, exemplo mundial de preservação da natureza, diversidade cultural e fragilidade frente ao sistema.

A fotógrafa

Bárbara Avelino é bacharel em ciências sociais e comunicação e, desde 1997, dedica sua vida ao fotojornalismo, além de ser artista membro da ONG Nhandeva, que incentiva projetos para o resgate das tradições do povo Guarani M’biá do Rio de Janeiro. Europa, Holanda e França são alguns dos lugares que a artista percorreu ao longo dos últimos anos para capturar imagens destinadas a jornais e revistas. Atualmente, Avelino é também membro da ONG belga ICRA Internacional, que luta pelos direitos dos povos indígenas ao redor do mundo.

SERVIÇO

Mostra Temporária – Cores do Xingu

Data: a partir de 23/11/2011

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)

Horário: às 20h

Informações: (14) 3491-2333

Entrada: gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*