Ir para o conteúdo

Em atendimento à legislação eleitoral, alguns conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Museu realiza programação para entidades assistenciais de Brodowski

Publicado dia 16/03/2016 por Acam Portinari

O Museu Casa de Portinari, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo administrada em parceria com a ACAM Portinari, oferece em março três programações destinadas a públicos específicos de Brodoswki. As atividades têm como objetivo incluir diferentes grupos da comunidade e difundir ainda mais o legado do pintor e poeta Candido Portinari.

No Espaço Criança, que presta cuidado a vitimas de violência, abandono ou perda, buscando devolver a elas uma infância e adolescência digna e saudável, haverá a ação “A Arte de Fazer Arte”. Oficina ocorre de 7 a 10 de março, e irá estimular a imaginação e criatividade por meio da confecção de caixas coloridas e práticas, onde poderão guardar seus pertences, alegrias, sonhos e desejos. A oficineira responsável será a artista plástica Ana Cristina Meneghelo.

Já as crianças de 3 a 6 anos de idade, atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social de Brodowski (Cras), aprenderão até junho noções básicas de pintura, cores e proporções, na atividade “Iniciação à Pintura”. As aulas são coordenadas pelo artista plástico Ezio Marcola e tem como propósito despertar o gosto e o prazer da pintura e da espontaneidade.

“O Museu, ao longo de sua história, sempre teve um olhar cuidadoso e preocupado em oferecer atendimento específico para diferentes públicos, entre eles os em situação de vulnerabilidade social e com deficiência. Estamos sempre atentos às necessidades da comunidade e das entidades assistenciais para estabelecer parcerias e ofertar ações que os contemplem, assim como no caso da Rede Protetiva, articulada pelo Ministério Público de Brodowski”, reforça a gerente da instituição, Cristiane Maria Patrici.

Já para os alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), será oferecida uma oficina de panificação  propiciando a interação e a troca de saberes. Mediada pela oficineira Heli Gaioli, acontece nos dias 15, 16 e 17/3. O programa faz parte de uma das políticas do equipamento museológico para inclusão de pessoas com deficiência.

Para conhecer mais sobre as atividade e as programações da Casa de Portinari acesse www.museucasadeportinari.org.br ou pelo facebook.com/museucasadeportinari.

 

Núcleo da Notícia Comunicação Corporativa:
(16) 3237.7367 / 3237.7368 / 3237.7369
André Luís Rezende – (16) 9.8142-4299
andreluisrezende@nucleodanoticia.com.br
Juliana Dias – (16) 9.9233-1823
julianadias@nucleodanoticia.com.br
Dayane Malta – (16) 9.9233-3014
dayanemalta@nucleodanoticia.com.br
www.nucleodanoticia.com.br

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo:
Viviane Ferreira – (11) 3339-8243
viferreira@sp.gov.br
Gisele Turteltaub
gisele@sp.gov.br

Posts Relacionados

Museu das Culturas Indígenas: o novo polo cultural de São Paulo que promete valorizar a diversidade

Veja Mais

COSISEM passará a ter representação do ICOM Brasil

Veja Mais

SISEM-SP divulga Relatório Anual de Atividades de 2020

Veja Mais