• portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Projeto de férias do Museu Casa de Portinari promete animar janeiro

Na temporada mais divertida do ano, o museu de Brodowski convida as crianças a conhecerem um pouco mais da obra de Portinari por meio de brincadeiras e oficinas de arte e de brinquedos.

Pião, pipa, pula-carniça e peteca, passatempos que fizeram parte da infância e das obras de Candido Portinari – e hoje são desconhecidos da maioria das crianças –, ganham destaque a partir do dia 4 de janeiro no Museu Casa de Portinari. Além do resgate das brincadeiras de rua, a instituição da Secretaria de Estado da Cultura, administrada em convênio com a ACAM Portinari, oferece apresentação teatral e oficinas de brinquedos recicláveis e de artes, com a proposta de releitura da obra “O Circo” (1940) e de uma carta enviada pelo pintor quando vivia na França, em 1929.

Ao longo do mês de janeiro, as crianças poderão confeccionar pipas, bugalhas, petecas, cataventos, bilboquês e espantalhos, entre outros brinquedos, além de desenvolver seu potencial artístico inspiradas pela obra do pintor brodoskiano. No dia 6 de janeiro, para celebrar o nascimento de Jesus e dar boas-vindas ao Ano Novo, os pequenos podem participar de uma oficina de anjos recortados e decorados com brocal. No mesmo dia, uma apresentação teatral sobre a história dos Reis Magos também pode se vista pelos visitantes.
Nesta edição, os pequenos também têm contato com uma carta enviada por Candido Portinari de Paris, abordando o estilo de vida e a personalidade de um sitiante, chamado Palaninho, e o modo como ele se vestia e se portava em seu cotidiano, para se inspirarem e retratarem a figura descrita pelo pintor.

Já as brincadeiras de rua são desenvolvidas ao ar livre, na esplanada do museu, sob a coordenação da equipe de monitores, assim como as oficinas de brinquedos e de artes. Gratuito, o projeto “Férias no Museu” termina no dia 30 de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*